1. Me ajuda, next!

Segurança digital: conheça dicas valiosas para proteger suas contas e seus dados

Veja como adotar algumas práticas simples no dia a dia para ter total segurança com suas contas digitais. Saiba o que é importante para se manter protegido!
Publicado em 12 de dez de 2022
Atualizado em 12 de dez de 2022
2 minutos de leitura
Artigos Relacionados
A imagem tem fundo branco, com o elástico verde do next como plano de fundo. À esquerda, na cor preta, vemos a frase “segurança digital”. No centro, vemos um ícone preto que remete à segurança digital.

O advento da internet facilitou muitas situações no cotidiano das pessoas, mas junto trouxe outras preocupações. Especialmente, com a segurança digital. Num país onde há inúmeras empresas que oferecem serviços de pagamentos digitais, adotar práticas de segurança é fundamental. Por isso, o What’s next preparou um conteúdo especial com dicas valiosas para proteção de seus dados no dia a dia.

Segurança digital é fundamental

Na correria do dia a dia, muitas pessoas acabam não percebendo alguns riscos ao utilizarem o ambiente digital. Confira as melhores práticas para estar sempre protegido:

1 – Use o aplicativo oficial do banco

O primeiro passo para ter uma vida bancária digital saudável é instalar os aplicativos de fontes oficiais. Por mais óbvio que pareça, isso é muito relevante. Sempre instale aplicativos pela Google Play (Android) ou App Store (IOS). Aplicativos fornecidos em sites e lojas não oficiais costumam ser sinais de golpe para roubar dados bancários. Nas lojas oficiais, sempre procure o nome do desenvolvedor, pois há diversos aplicativos falsos, que usam a aparência (logo, nome da instituição e informações) como isca para que usuários façam o download e forneçam seus dados. No caso do next, o nome do desenvolvedor é next – faz acontecer, por exemplo. Fique de olho também na quantidade de instalações e reviews, pois isso ajuda a avaliar se o app é da fonte oficial. Outro fator importante é manter seu aplicativo bancário sempre atualizado, pois, constantemente, os bancos digitais incluem melhorias operacionais focadas, especialmente, na segurança dos clientes.

2 – Nunca use o aplicativo do banco em celulares de terceiros

Pense na situação de você estar fora de casa, sem carregador de celular, ver que a bateria acabou e precisar acessar o aplicativo bancário naquele momento. O que você faria? Se a resposta for pedir o telefone de outra pessoa emprestado para acessar sua conta digital, você correrá sérios riscos. Isso porque, ainda que o celular utilizado seja de um familiar ou amigo, você colocará seus dados num ambiente desconhecido e no qual não tem total autoridade para mexer nas configurações de segurança. Portanto, use sempre suas contas apenas em seu próprio smartphone.

3 – Confie apenas em redes de internet seguras e use antivírus

Uma situação corriqueira e, aparentemente, inofensiva no ambiente digital é utilizar redes públicas ou desconhecidas de Wi-Fi. E há um motivo para isso: essas redes são mais vulneráveis a ataques de hackers, que buscam dados das pessoas para utilizá-los em práticas criminosas. Deste modo, se você não confia na rede de internet, opte sempre por usar os aplicativos de bancos com o Wi-Fi desligado e utilizando o pacote de dados da operadora do próprio aparelho. Outra recomendação relevante é ter um antivírus em seu aparelho, ele funciona como uma camada adicional e ajuda a identificar potenciais riscos.

4 – Suspeite de contatos feitos fora do ambiente do aplicativo

Recebeu uma ligação de um número desconhecido? Uma mensagem de texto com um link para clicar e resolver alguma situação? Ou uma mensagem no WhatsApp com alguém se passando por funcionário de um banco? Desconfie e nunca compartilhe seus dados pessoais ou bancários. Os bancos (tanto os tradicionais, quanto os digitais) não entram em contato com seus usuários desta forma. Se a abordagem lhe parecer confiável, ainda assim, não compartilhe suas informações antes de falar com o banco em algum canal oficial.

5 – Jamais guarde informações bancárias anotadas no aparelho

Toda vez você esquece sua senha na hora de acessar o aplicativo do seu banco? Se sim, opte pelo uso de biometria (via digital ou facial) para facilitar o processo. Jamais anote suas senhas em um documento salvo no próprio celular, como no bloco de notas ou em e-mails, por exemplo. Este será o primeiro lugar que o criminoso procurará caso esteja em poder do aparelho.

6 – Monitore diariamente suas contas digitais

Uma prática muito importante que os usuários devem ter é ativar o recebimento de SMS, push e e-mail para transações em suas contas, compras no cartão de crédito e alterações cadastrais. Mantendo essas notificações ativas, além de auxiliar a identificar as próprias transações financeiras, também ajuda a identificar transações indevidas. Em um mundo digital e sempre conectado, é importante termos controle de nossas contas e serviços digitais. Por isso, mantenha seus dados cadastrais sempre atualizados, os recebimentos de mensagens ativos e, quando identificar uma alteração ou transação suspeita, entre em contato imediato com seu banco.