1. Me ajuda, next!

Quando é a hora de falar sobre educação financeira com as crianças?

Conheça dicas para incentivar a educação financeira das crianças desde cedo e conte com um aliado: o nextJoy, a conta digital gratuita do next que as estimula a lidar com as finanças.
Por Parceria com Unibrad
1 de Dez de 2021
2 minutos de leitura

A educação financeira é essencial na vida de todos, especialmente, das crianças. Em um momento difícil economicamente como o atual, viver o presente e pensar no futuro ganha ainda mais força. Ter um recurso guardado para uma emergência ou para realizar um sonho, como comprar uma casa, um carro, pagar uma faculdade ou viajar, é fundamental. Para explicar melhor a temática, o next , em parceria com a Unibrad (Universidade Corporativa Bradesco), preparou dois conteúdos com dicas importantes para ajudar os pais e tutores na iniciação da educação financeira. Neste primeiro texto, focamos em crianças de 3 a 8 anos. Confira e aguarde o próximo!

Educação financeira: o momento é agora

A grande maioria dos adultos brasileiros não recebeu uma educação financeira fundamentada na infância. E isso tende a acarretar diversos problemas de gestão e administração das finanças na fase adulta. Atualmente, o assunto está em alta pelas facilidades do advento da internet e da tecnologia, e o caminho está mais fácil para que pais e tutores possam introduzir as finanças no dia a dia de crianças e adolescentes. Sob o ponto de vista de investimentos, usar o tempo como aliado aos juros compostos pode transformar o patrimônio futuro deles também. Então, qual é o momento certo de falar sobre dinheiro, gastos e investimentos? Uma criança pequena pode entender conceitos tão complexos? Sim! O importante é sempre conciliar os conhecimentos com a capacidade pedagógica do desenvolvimento de cada criança. E os responsáveis são fundamentais para, além de ensinar, servir como exemplo.

Faixa etária: de 3 a 5 anos

A partir dos 3 anos as crianças já podem aprender sobre cuidado com objetos, brinquedos, livros e roupas. É um ótimo momento para se falar em preservar o que se tem. Nesta fase, a criança vai associando a importância da preservação, porque já entende que os recursos materiais também podem acabar.

Nesta mesma fase os pequenos também já podem aprender o que é dinheiro, tendo as primeiras noções da relação entre trabalho x dinheiro. Por isso é importante que os pais e tutores conversem com as crianças para falar sobre suas vidas, o trabalho, a profissão e como o dinheiro paga os custos da casa, das roupas, escola, brinquedos etc.

Para começar essa relação de mais proximidade com as finanças, os responsáveis podem deixar as crianças realizarem pequenas compras, sempre sob supervisão. Por exemplo: pagar pelo sorvete num parque de diversões ou comprar um livro ou uma roupa numa loja. A associação é um instrumento muito poderoso para educá-los.

Faixa etária: de 6 a 8 anos

Com a evolução prévia, aqui é a hora de pensar em dar uma mesada às crianças, dentro da realidade de cada família. Afinal, nesta fase os pequenos estão mais aptos a entender sobre consumo consciente, a relação entre preço x valor, e já executam tarefas como organização e planejamento de seus afazeres. Justamente por isso, elas tendem a já saber lidar bem com o dinheiro, com os gastos, além de já serem capazes de realizar equações matemáticas. O momento também é adequado para incentivá-los à leitura, pois a aprendizagem por meio da literatura auxilia no desenvolvimento cognitivo da criança e trará muitos benefícios na vida adulta – inclusive, na educação financeira.

nextJoy

Quer ter um aliado e tanto nesta missão com as crianças? O nextJoy , conta digital gratuita para menores de idade do next, conecta pais e filhos em uma jornada de educação financeira criada em parceria com a Disney. Destinada para a faixa etária entre 3 e 17 anos, as crianças e adolescentes têm seu próprio app para dar os primeiros passos no mundo das finanças, tudo com acompanhamento dos pais e responsáveis. O produto tem cartão de débito, transferências gratuitas, mimos exclusivos, função saque nas máquinas Bradesco e rede Banco24Horas, missões (tarefas propostas pelos responsáveis para os menores executarem), trilhas educacionais desenvolvidas por pedagogos, mesada programada e muito mais, tudo numa jornada estimulante e interativa. Quer saber mais? Acesse: app next > nextJoy .

Gostou? Fique ligado que logo publicaremos o segundo conteúdo desta série, com dicas de educação financeira para a faixa etária entre 8 e 17 anos.

Baixe o aplicativo
Baixe o APP na App Store

Baixe o App

Baixe o APP no Google Play
Baixe o APP na App Store
Acessar por QRCode

Atendimento

Central de Relacionamento
0800 275 6398

SAC
0800 722 6398

Ouvidoria
0800 688 6398

falanext@next.b.br

Outros Contatos


Siga o Next